Ageing in place e gerontotecnologia, diálogos emergentes na relação idoso-tecnologia

Palabras clave: gerontotecnologia, ageing in place, tecnologia, idoso, envelhecimento ativo

Resumen

O artigo procura reflectir a sociedade atual, situando dois paradigmas emergentes no diálogo idoso-tecnologia. O primeiro, respeita às questões idoso e interacções com o desenvolvimento tecnológico e suas influências no envelhecimento ativo; o segundo, analisa as expectativas de um grupo de idosos, de um concelho rural-urbano do sul de Portugal, face à utilização da tecnologia na sua actividade pessoal diária. Foi realizado um estudo exploratório, de tipo indutivo, com o recurso à metodologia do focus group.

Os resultados obtidos permitem concluir que a totalidade do grupo privilegia a sua situação de ageing in place em detrimento de respostas sociais tradicionais de apoio a idosos.

Em matéria da utilização da tecnologia, as questões técnicas necessárias para uma boa utilização da tecnologia foram consideradas prioritárias. Um outro aspeto, refere-se à ideia de que a tecnologia é fundamental na lógica do ageing in place, na autonomia do idoso, mas condicionada ao tempo de utilização da mesma. Em termos de política social foi assumida como fundamental, a necessidade da descentralização do poder local em termos da literacia em tecnologia, e também valorizada a ideia de que o poder central deveria assumir, uma política nacional de incentivo ao uso da tecnologia por parte do idoso.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor/a

Vito José de Jesús Carioca, Instituto Politécnico de Beja Ciencias da Educación (Portugal)

Profesor Coordenador Principal

Departamento Ciências da Educação

PhD Formación del Profesorado-Pedagogía

Ana Isabel Lapa Fernandes, Instituto Politécnico de Beja

Professora Adjunta

Doutora em Serviço Social

Departamento Educação, Ciências Sociais e do Comportamento

Citas

Abad, L.(2013). Diseño de programas de e-inclusión para alfabetización mediática de personas mayores. Comunicar , nº42, vol XXI, pp.173-180

Almeida, J. e Pinto, J. (1990). A Investigação nas Ciências Sociais. Lisboa: Editorial Presença

Ferreira, S. (2013). Tecnologias de Informação e Comunicação e o Cidadão Sénior. Estudo sobre o impacto em variáveis psicossociais e a conceptualização de serviços com e para o cidadão senior. Tese de Doutoramento apresentada à Universidade de Aveiro, no contexto do programa doutoral Informação e Comunicação em Plataformas Digitais.

Fonseca, A. (2018) (org.). Boas Práticas de Ageing in Place. Divulgar para valorizar. Guia de Boas Práticas. Lisboa: Ed. Fundação Calouste Gulbenkian/Faculdade de Educação e Psicologia – Universidade Católica (Porto).

Gil, A. (2008). Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. São Paulo: Editora Atlas S.A.

González, S. e Rodríguez Porrero, C. (2015). Tecnología y Personas Mayores.Colección 12 retos. Madrid: Ceapat-Imserso.

Paixão, C. (2017). Desenvolvimento de Competências Sociais no Cuidador Informal. Lisboa: Editorial Cáritas

Páscoa, G. (2017).Fatores socioculturais na formação ao longo da vida: um estudo sobre a aprendizagem das Tecnologias da Informação e da Comunicação em populações 50+. Tese de Doutoramento em Ciências Sociais na especialidade de Política Social, apresentada ao Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas.

Prado, S. (2008). Posibilidades Formativas de las Tecnologías de la Información y Comunicación en las personas mayores. Pixel-Bit, nº33, Julio, pp.111-118

Schwab, K e Davis, N. (2019). Moldando a Quarta Revolução Industrial.Lisboa: levoir, Marketing e Conteúdos Multimédia S.A., em parceria com o Jornal Público – Comunicação Social S.A.

Silva, I. ; Veloso, A. & Keating, J. (2014). Focus group: Considerações teóricas e metodológicas. Revista Lusófona de Educação, 26, 175-190. Disponível em http://www.scielo.mec.pt/pdf/rle/n26/n26a12.pdf

Tornstam, L. (2005). Gerotranscendence: A Developmental Theory of Positive Ageing. New York: Springer Publishing Company

Publicado
2019-09-02
Cómo citar
de Jesús Carioca, V., & Fernandes, A. I. (2019). Ageing in place e gerontotecnologia, diálogos emergentes na relação idoso-tecnologia. Píxel-Bit. Revista De Medios Y Educación, (56), 7-31. https://doi.org/10.12795/pixelbit.2019.i56.01
Sección
Artículos